quinta-feira, 6 de abril de 2017

CARMINHO - A GRANDE VOZ DO FADO


Não sei talvez quem és, mas sei quem sou." Nem podia ser de outro modo, quando quem canta estas palavras de Vasco Graça Moura é alguém que sempre soube que o fado era o seu destino, mas que só o quis assumir depois de ter compreendido quem era realmente.
Em 2009, Carminho cantava o "Fado" que era o seu fado desde muito nova. E o seu "Fado" tornou-se num dos mais aclamados álbuns de 2009. Com Perdoname, com Pablo Alborán, Carminho tornou-se na primeira artista portuguesa a atingir o número 1 do top espanhol, lançando em 2012 o seu segundo álbum, "ALMA.
No final de 2014 foi editado o terceiro álbum de Carminho, "Canto", que abarca alegremente Caetano Veloso e inclui dueto com Marisa Monte e várias participações especiais. Um Canto que, como canção de marinheiros que o Fado também é (e sempre foi), se alimenta do mundo para moldar uma alma profundamente portuguesa, uma alma para a qual a voz de Carminho é, cada vez mais, a perfeita tradução em palavras e sons.

E, quando Carminho canta, a Alma e o Fado estão sempre lá. 

Sem comentários: