terça-feira, 19 de novembro de 2013

Musicatos # 30 de Novembro # 21h30




É com enorme prazer que o8a) convidamos, bem como a toda a sua família, para o Musicatos 2013, com Isolda Linegran Correia, num recital de violino acompanhada ao piano por Aida Sigharian Asl.






Programa

J.S. Bach: Sonata nº 2 em Lám, Grave e Allegro
H. Wieniawski: Romance do Concerto nº 2 em Rém
S. Prokofiev: Valsa Cinderela

Intervalo

J. Sibelius: Concerto em Rém, 1º and. Allegro moderato


M 12 anos
Duração: 60 m
Entrada Gratuita


sábado, 9 de novembro de 2013

Noiserv - "I was trying to sleep when everyone woke up"


NOISERV - CASA DA CRIATIVIDADE - 15 NOVEMBRO - 21H30

A CASA DA CRIATIVIDADE APRESENTA O NOVO ÁLBUM DE DAVID SANTOS, O SENHOR NOISERV, ORQUESTRA DE UM HOMEM (QUASE SEMPRE) SÓ. SINTOMATICAMENTE, O DISCO, "MAIS DENSO E COMPLEXO" DO QUE OS ANTERIORES, CHAMA-SE ALMOST VISIBLE ORCHESTRA.
Criado em meados de 2005 pelo músico David Santos, Noiserv tem vindo a afirmar-se como um dos mais criativos e estimulantes projectos musicais, de entre os surgidos em Portugal na última década. O seu percurso tem sido marcado pela criação de canções capazes de atingir cada indivíduo na sua intimidade, relembrando-lhe vivências, momentos e memórias intrincadas entre a realidade e o sonho.
Noiserv, a quem já chamaram "o homem-orquestra" ou "banda de um homem só", conta no seu currículo com o bem sucedido disco de estreia “One Hundred miles from thoughtlessness” [2008], o EP “A day in the day of the days” [2010], mais de 4 centenas de concertos por Portugal e resto do Mundo e ainda uma série colaborações em Teatro e Cinema.
Em Outubro de 2013 noiserv edita o seu novo disco de nome “Almost Visible Orchestra”. Este é o disco em que noiserv deixa o preto e branco e nos apresenta o seu mundo a cores. Um disco mais denso e complexo que os anteriores mas nunca perdendo a identidade pela qual se deu a conhecer há quase dez anos.

Noiserv
Casa da Criatividade
15 de Novembro – 21h30

Doidos por Chapéus - 16 de Novembro - 21h30 - Paços da Cultura (ENTRADA GRATUITA)

http://www.youtube.com/watch?v=O6b1tvv355U&feature=youtu.be

IV Jornadas de Museologia | Abertura de inscrições



Estão abertas as inscrições para as IV Jornadas de Museologia, este ano subordinadas ao tema "Os museus na era da economia criativa".

Organizadas pelo Museu da Chapelaria, estas jornadas decorrem nos próximos dias 21 e 22 de Novembro, sendo objetivo discutir o papel e contributo dos museus no contexto desta ainda emergente economia da criatividade e o papel da cultura enquanto catalisadora da criatividade e inovação no contexto local, regional e nacional.

O dia 21 de Novembro será dedicado ao painel "Cultura, Criatividade e Economia?" estando confirmadas as presenças de José Mendes, Vice-reitor para a Inovação da Universidade do Minho e autor do livro "As cidades incubadoras" e de Carlos Martins, Presidente da Direcção da ADDICT - Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas.
Este primeiro dia contará ainda com as reflexões de Humberto Rendeiro, Clara Vaz Pinto (Museu Nacional do Traje de Lisboa), de Isabel Victor e Maria Miguel Cardoso (Museus Municipais de Setúbal) e Suzana Menezes, (Museu da Chapelaria).
O dia encerra com um momento informal de networking e com a inauguração da exposição “Os criadores nacionais e os seus chapéus”, uma exposição que apresenta uma seleção dos melhores chapéus produzidos por designers portugueses.

O dia 22 de Novembro será fundamentalmente dedicado ao painel "Os museus, as suas coleções e a economia criativa", contando com a presença dos investigadores Rui Avelans Coelho, Sandra Correia, Marzia Bruno e Filipa Taborda mas também com a presença de Deolinda Carneiro (Museu Municipal da Povoa de Varzim), Manuel Graça (museus nacionais de Guimarães) e Suzanne Cotter (Museu de Serralves, Porto).

Os momentos de debate, troca de experiências e reflexões serão muitos e valerá a pena participar nesta grande discussão.

Contamos com a sua presença, com as suas ideias, com os seus questionamentos e com as suas reflexões.

Para mais informações contacte o Museu da Chapelaria (secretariado Joana Galhano | Rui Maia).


IV JORNADAS DE MUSEOLOGIA
OS MUSEUS NA ERA DA ECONOMIA CRIATIVA

21 e 22 de novembro de 2013 | Auditório do Museu da Chapelaria

Assumindo-se cada vez mais como um fórum de reflexão em torno de questões específicas da museologia e do enquadramento desta disciplina e da própria instituição museu, no quadro social, cultural, económico e criativo das sociedades, estas IV Jornadas serão subordinadas ao tema “Os Museus e a economia criativa”.
É seu objectivo reflectir em torno do lugar dos museus na nova economia criativa e do papel da cultura enquanto catalisadora da criatividade e inovação no contexto local, regional e nacional.


PROGRAMA

21 de Novembro
09h30 | Recepção aos conferencistas e participantes

10h30 | Sessão de abertura
 Presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira

Painel I – Cultura, Criatividade e Economia?
11h00 | Cidade incubadora, José Mendes, Vice-reitor para a Inovação, Universidade do Minho
11h30 | Cultura e Criatividade como pré-requisitos de Inovação, Carlos Martins, Presidente da Direcção da ADDICT
12h00 | Debate

13h00 | ALMOÇO LIVRE

Painel II – Os Museus na Economia Criativa
15h00 | Museus: o colapso do “Estado-Providência” e a emergência da filantropia estratégica, Humberto Rendeiro
15h30 | Da economia criativa à responsabilidade social. A experiência do Museu Nacional do Traje, Clara Vaz Pinto, Museu Nacional do Traje, Lisboa

16h00 | PAUSA

16h30 | Museus e Economia Criativa, Isabel Victor e Maria Miguel Cardoso, Museus Municipais de Setúbal, Setúbal
17h00 | Cultura, criatividade e inovação no contexto do desenvolvimento dos territórios, Suzana Menezes, Divisão de Cultura e Turismo, S. João da Madeira
17h30 | Debate
18h00 | Inauguração da exposição temporária “Os criadores nacionais e os seus chapéus” e porto de honra

22 de Novembro
Painel III – Os museus, as suas coleções e a economia criativa
09h00 | Recepção aos conferencistas e participantes
09h30 | Empreendedorismo Cultural: o Arquivo visto sob o objectivo de incubadora cultural / criativa, Sandra Correia
10h00 | Curadoria, um conceito de partilha, Marzia Bruno, Faculdade de Letras da Universidade do Porto
10h30 | Museus como ícones transformadores do espaço urbano em Belém, Filipa Taborda

11h00 | PAUSA

11h30 | A "Camisola Poveira", uma Marca da Póvoa de Varzim, Deolinda Carneiro, Museu Municipal da Povoa de Varzim, Póvoa de Varzim
12h00 | Criando e contribuindo. Os museus de Guimarães numa Capital de Cultura, Manuel Azevedo Graça, Museu de Alberto Sampaio, Paço dos Duques de Bragança (e Castelo de Guimarães) e Museu de Etnologia do Porto
12h30 | Debate

13h00 | ALMOÇO LIVRE

15h00 | Projecto de narrativas multi-lineares geo-referenciadas. Produção de um documentário ficcionado interactivo em edifícios históricos, Rui Avelans Coelho
15h30 | Suzanne Cotter, Museu de Serralves, Porto

16h00 | Debate e encerramento

17h00 | Visita ao Núcleo de Arte da Oliva e à exposição “Traço Descontínuo: coleção Norlinda e José Lima – Uma Seleção”, comissariada por Miguel Amado


Secretariado das IV Jornadas de Museologia da Chapelaria

Joana Galhano | Rui Maia

Museu da Chapelaria
Rua Oliveira Júnior, nº 501
3700 S. João da Madeira

Telefone: +351 256 201 680

 

Doidos por Chapéus # Paços da Cultura # 16 de Novembro # 21h30 # Entrada Gratuita

 A Câmara Municipal de S. João da Madeira e o Museu da Chapelaria convidam V. Exa. Para a visualização do filme Doidos por Chapéus, do realizador Olivier Vandersleyen no próximo dia 16 de Novembro, pelas 21h30, nos Paços da Cultura, que contará com a presença do autor.

A Conquista do Oeste Americano motivada pelo comércio do castor.
Chapeleiros enlouquecidos por vapores de mercúrio.
O chapéu como instrumento da expressão individual.
Uma história de moda em três partes.

Apaixonado pelo património industrial e a sua história, Olivier Vandersleyen já realizou vários documentários, entre eles:
« Effets de Serres » 88’ HD 2009,
« Bien Travailler, Bien s’Amuser, l’Utopie selon Arthur Brancart » 26’ HD 2012



 Doidos por Chapéus
16 de Novembro – 21h30
Entrada Gratuita
Duração: 62m
Auditório dos Paços da Cultura