sábado, 21 de setembro de 2013

Dia Mundial da Música - 1 de Outubro - Paços da Cultura



É com enorme prazer que o(a) a convidamos, bem como a toda a sua família, para o Musicatos 2013, com Andrea Conangla, num recital de canto acompanhada ao piano por António Sarmento Dias.
Este recital passa por obras incontornáveis do reportório romântico para voz feminina.


 

Programa

Ach, ich fühl's - Mozart
Oh quand je dors - F. Liszt
Oh quante volte - Bellini

----------------------------------------------------intervalo--------------------------------------------------
Widmung - R. Schumann
Er ist's - H. Wolf
Verborgenheit - H. Wolf
Das verlassene Mägdlein - H. Wolf
Zueignung - R. Strauss
In der Nacht - R. Strauss
Allerseelen - R. Strauss



1 de Outubro. 21h30
Duração: 60 m

Entrada Gratuita

 

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Extensão "Caminhos do Cinema Português" - dia 21 de Setembro - Paços da Cultura


No próximo dia 21 de Setembro, o festival que se apresenta como um evento singular no panorama cultural português vai realizar, em S. João da Madeira, uma extensão que dá destaque ao que de melhor se faz na produção cinematográfica portuguesa.





O Festival Caminhos do Cinema Português realiza este ano a sua 20ª edição, de 15 a 23 de Novembro, mas antes promove uma extensão do festival em S. João da Madeira, numa organização Centro de Estudos Cinematográficos da Associação Académica de Coimbra e da Câmara Municipal de São João da Madeira.
Este festival tem sido reconhecido, consecutivamente, com o Alto Patrocínio de Sua Excelência O Presidente da República Portuguesa e pela Presidência da Assembleia da República.
A sua programação engloba um conjunto de iniciativas e actividades de relevância inegável, para a aproximação da sociedade portuguesa ao nosso cinema, estimulando a sua atenção e curiosidade, e instituindo-se como uma estrutura promotora alternativa de dinâmicas e reflexividades de cariz sociocultural enriquecedoras.

PROGRAMA DA EXTENSÃO
21 de Setembro | Paços da Cultura

SESSÃO PARA FAMÍLIAS | 15h30
M 3 anos
Entrada Gratuita (sujeita à lotação da sala)

Esta sessão de curtas-metragens foi especialmente seleccionada para as famílias desfrutarem de uma matiné de cinema português. Das animações propostas, contam-se histórias de mundos mágicos, reis e princesas, animais que falam e outros personagens fantásticos.

FILMES
Chocolatando, (Cord) Lorenzo Degl’Innocenti e Vítor Estudante, 4’12’’
Mr. Cat, Estrela Lourenço e Tatiana Serôdio, 5’09’’
Zé Pimpão “O Acelera”, André Letria, 8’04’’
Afonso Henriques, O Primeiro Rei, Pedro Lino, 5’32’’
O Gigante, Júlio Vanzeler e Luís da Matta Almeida, 7’
A Nau Caxineta, (Cord) Vasco Sá e David Doutel, 4’06’’
Cavalinho, o Mundo Mágico, Cláudio Sá, 11’
O Cágado, Luís da Matta Almeida e Pedro Lino, 9’55’’



SESSÃO PÚBLICO GERAL | 21h30
M 12 anos
Bilhete: 2.50€ (aquisição nos Paços da Cultura)

FILMES
Sem Querer, João Fazenda, 8’05’’
SOB, Nuno Prudêncio, 15’
Cerro Negro, João Salaviza, 21’30’’
Complexo – Universo Paralelo, Mário Patrocínio, 80’

SINOPSES
Sem Querer, João Fazenda, 8’05’’
Uma jovem mulher recebe um postal com o quadro que o pai lhe apresentou na infância como sendo uma lição de vida.
Resolve ir ao museu revê-lo tantas e tão prolongadas vezes que a tela desaparece. Terá sido um roubo banal ou demasiado desejo?

SOB, Nuno Prudêncio, 15’
Ele traduz o que os outros dizem. É através da legendagem de filmes que ele habita as vidas que não
tem. O temeroso Viriato foge de pessoas reais, resiste-lhes. Mas o medo começa a transformar-se noutra coisa, no dia em que Margot, a sensual protagonista do filme que está a legendar, se dirige a ele...

Cerro Negro, João Salaviza, 21’30’’
Anajara e Alisson são um casal de emigrantes brasileiros em Lisboa. Duas solidões que se tentam proteger mutuamente, ao mesmo tempo que lutam contra uma separação forçada. Anajara regressa do trabalho ao amanhecer.
Desta vez não vai poder dormir durante o dia, nem levar Iury à escola. A setenta quilómetros de distância, Allison espera para reencontrar a mulher e o filho. Hoje é dia de visita na prisão de Santarém.
“Cerro Negro” adopta a estrutura de um díptico, revelando duas partes de uma história comum.

Complexo – Universo Paralelo, Mário Patrocínio, 80’
No Rio de Janeiro, a 13 km do Cristo Redentor, dois irmãos portugueses aventuraram-se na mais temida favela do Brasil, no maior paiol de armas e drogas da cidade, um lugar chamado Complexo do Alemão.
Em 2007, no período de maior violência no Rio, viveram de perto a maior operação policial já realizada no estado, sentiram na pele o que é acordar com rajadas de fuzis e de muitas vezes dormir acompanhado por tiros. Os responsáveis da maior facção criminosa do Rio falam de forma íntima e crua da vivência no tráfico. Dona Célia, uma mãe batalhadora, com oito filhos para alimentar, mostra o mundo de adversidades em que vive, e a forma como a sua crença em jesus a faz acreditar que tudo pode. “Deus é grande mas o negócio é feio” fala o seu Zé, presidente da associação de moradores há mais de trinta anos, viveu a chegada do crime, das drogas e das armas, passou por muitas politicas e guerras, mas sobreviveu. É um sábio da favela.
Complexo reflete um fascinante universo paralelo, com uma ordem imersa na aparente anarquia da vida marginalizada brasileira. Como é sobreviver dentro desta realidade?




sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Musicatos - 1 de Outubro

Inserido no Ciclo Musicatos, a Academia de Música de S. João da Madeira apresenta Andrea Conangla, premiada no Concurso de Santa Cecília, num recital de canto acompanhada ao piano.

M 12 anos
Duração: 60m
Entrada gratuita
1 Outubro, 21h30