segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

"O texto deste espetáculo é uma torrente que só tem paralelono modo irrequieto como Rodrigo Santos salta de personagem em personagem, é ele próprio, volta á personagem, interage com o espectador e ainda improvisa. Um desassossego que serve o tema: o medo, ou a falta dele, ou a coragem para o enfrentar, ou a inconsciência que é fazer espetáculos de teatro em Portugal, em especial sobre temas tão ideologicamente vigiados como o da resistência à ditadura salazarista (...)"

In Ípsilon, Publico, 28/12/12

M 16 anosDuração:60m
Bilhete: 4 €


Ficha Técnica:
Teatro da Palmilha Dentada
Texto: Ricardo Alves e Rodrigo Santos
Encenação: Ricardo Alves
Interpretação: Rodrigo Santos


Sem comentários: