segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

OLD JERUSALEM [indie . folk]


  O talento de Francisco Silva num concerto intimista e intuitivo
24 Fevereiro . 21h45

É raro encontrar um songwriter português, que chega ao quinto álbum, com uma consistência e elevado nível de qualidade no seu trabalho. É música que sentimos e respiramos, como se ele estivesse a cantar só para nós, no nosso refúgio de eleição, dando vontade não só de nos apropriarmos das suas músicas e encontrarmos nelas a panaceia para as amarguras da vida, como também de regozijarmos com os sentimentos de amor e esperança que emanam das suas canções. O mentor do projeto, Francisco Silva, aproveitou o título de uma música de Will Oldham, para batizar o seu pro­jecto de Old Jerusalem. O seu folk-indie ins­pi­ra-se em mode­los de músicos como Bill Callahan ou Bon Iver.
A discografia: Old & Alla (2001) Split-demo com Alla Polacca; April (2003); mas é em Twice the humbling sun (2005) que obtém o reconhecimento da crítica musical portuguesa; seguem-se Splitted (2006) – Split-EP com Bruno Duarte and Puny e The temple bell (2007) editados pela Bor Land; em 2008, Francisco Silva escreveu a letra e interpretou o tema The Raven King, com base no trabalho musical de Bernardo Sassetti, para a banda sonora do filme Second Life, de Alexandre Cebrian Valente, com a Rastilho edita Two Birds blessing (2009) e, finalmente, em 2011 com a PAD edita o seu 5º álbum homónimo, que é também editado na Alemanha via Broken Silence.

M12
Bilhete: 8 euros

Sem comentários: