sexta-feira, 27 de março de 2009

Semana da Juventude [31 Mar_4 Abr]

ACTIVIDADES
Art à rua – Desenho no Espaço Público
de 31Março a 4Abril Horário
Permanente Montras Espaços Comerciais – Praça Luís Ribeiro

Art à rua – 5 Artistas 3 Janelas
de 31Março a 4Abril 19Horas
Vidros Associação de Jovens Ecos Urbanos

Safari Fotográfico
de 31Março a 4Abril 14Horas
Entrega dos temas na Associação Jovens Ecos Urbanos

Mini FutSal Inter ATL's
de 31Março a 4Abril 14Horas – 16.30Horas
Praça Luís Ribeiro

Xadrez
De 31Março a 4Abril 14Horas – 16.30Horas
Praça Luís Ribeiro

Pinturas Faciais
De 31Março a 3Abril 14Horas – 17 Horas
Praça Luís Ribeiro

Torneio FutSal 24horas
Dia 31Março 22Horas
Pavilhão Paulo Pinto

Atelier Pega-Monstros
Dia 31Março 14.30Horas – 16.30Horas
Praça Luís Ribeiro

Workshop Caracterização e Maquilhagem
Dia 31Março 15Horas – 18 Horas
Paços da Cultura

Atelier Instrumentos Musicais
Dia 1Abril 14.30Horas – 17Horas
Praça Luís Ribeiro

Atelier de Arte Keith Harring para Crianças
Dia 1Abril 14.30Horas – 16.30Horas
Associação de Jovens Ecos Urbanos

Caça ao Tesouro “O Mistério das Pedras Preciosas”
Dia 2Abril 14.30Horas – 16.30Horas
Praça Luís Ribeiro

Workshop Contadores de Histórias
Dia 2Abril 15 Horas – 17Horas
Paços da Cultura

Workshop Malabarismo
Dia 3Abril 15 Horas – 17Horas
Praça Luís Ribeiro

Workshop Pinhole e Fotogramas
Dia 3Abril 14.30 Horas – 16.30Horas
Centro de Arte

Atelier Biodança
Dia 4Abril 15 Horas – 17Horas
Museu da Chapelaria

Workshop Pintura Stencil - “Positivo/Negativo"
Dia 4Abril 15 Horas – 17Horas
Associação de Jovens Ecos Urbanos

Demonstração Capoeira
Dia 1Abril 22Horas
Exterior Paços da Cultura

Festa de Abertura
Dia 31Abril 22Horas
Exterior Paços da Cultura

Peripécia Teatro – “Mama”
Dia 1Abril 22Horas
Paços da Cultura

Stand Up Comedy – Pedro Neves e Grupo Intuição – Estupimusical
Dia 2Abril 22Horas
Paços da Cultura

Apply Zii
Dia 3Abril 22.30Horas
Parque Estacionamento PT
Concerto Deolinda
Dia 3Abril 23.30Horas
Parque Estacionamento PT

Better Shell
Dia 4Abril 22.30Horas
Parque Estacionamento PT

Concerto Clã
Dia 4Abril 23.30Horas
Parque Estacionamento PT

quinta-feira, 19 de março de 2009

Musicatos com Pedro Rodrigues [Tenor]


28. Março. 21h45

Este mês marca presença no ciclo Musicatos, o jovem Pedro Rodrigues. Esta iniciativa tem levado ao palco do auditório dos Paços da Cultura a arte e a música de jovens sanjoanenses. Com uma estreita colaboração entre a Academia de Música e a Câmara Municipal de São João da Madeira pretende-se que, uma vez por mês, o palco da cidade seja montra de talento local.

terça-feira, 17 de março de 2009

Poesia à Mesa 2009

Sábado.21 Março.21h45

Ruy de Carvalho e Rao Kyao [Poesia. Música]


Domingo.22 Março.18h00

Inauguração da exposição "Poesia Experimental Portuguesa" [Colecção de Serralves]


A Poesia à Mesa é um evento único que, durante o mês de Março transforma S. João da Madeira na Capital da Poesia.

Muito mais do que a comemoração do Dia Mundial da Poesia, esta iniciativa tem vindo a contribuir para a promoção e a divulgação dos poetas e das suas obras, incentivando a população a adquirir o hábito da leitura.


O programa é vasto e diversificado e esta edição conta com inovações culturais e mediáticas, vindo uma vez mais demonstrar que a poesia pode ser encenada, cantada, recitada, pode ser servida à mesa ou levada para casa. Colocar a poesia no espaço público e retirá-la de dentro das páginas dos livros é, por isso, o objectivo maior desta iniciativa.


Para a campanha Poesia à Mesa 2009, foram seleccionados 6 grandes nomes do panorama cultural, a saber:

Almada Negreiros. Cruzeiro Seixas. Filipa Leal. João de Deus. Mia Couto. Rita Taborda Duarte.

sábado, 7 de março de 2009

PEIXE:AVIÃO [pop.electrónica.rock]


14 Março.21h45


Considerado um dos Novos Talentos FNAC 2008, este grupo de Braga tem marcado a nova geração da música portuguesa. Ouça em: http://www.myspace.com/peixeaviao


A propósito de “40.02”

Aqueles com memória mais curta serão tentados a ouvir em peixe : avião ecos de Radiohead e eles estão lá, efectivamente, mas enquanto herança de uma linhagem muito mais antiga, com genealogia nos pergaminhos de Canterbury e no rock progressivo dos primeiros Pink Floyd de Syd Barrett e dos Van Der Graaf Generator de Peter Hammill, passando pelo krautrock dos Faust ou dos Neu!. Mas se a estirpe é identificável, o que faz a singularidade de peixe : avião é a portugalidade que irradia, como se de repente tudo o que nos habituamos a associar à alma portuguesa, a melancolia dos seus poetas, o singelo das pequenas coisas, se cristalizasse em sons e palavras. Esqueçam o fado como Amália o popularizou e é macaqueado de Portugal ao Japão: o novo fado do século XXI é peixe : avião!

Nada disto faz sentido, decerto, numa lógica estritamente científica ou numa abordagem puramente musicológica e, no entanto… faz todo o sentido!!! peixe : avião é um milagre! É um milagre na sua génese, na maneira como cinco desconhecidos, que mal se conhecem ou desconhecem de todo, vindos de diferentes áreas e diferentes bandas, de imediato se completam e dão corpo, numa espécie de geração espontânea, a uma obra única, de marcada identidade e sensibilidade; e é um milagre a música em si, o modo como a tristeza, o tédio, o abatimento, a espera, o cândido são adornados com a banda sonora perfeita e absoluta e cantados pela notável e estranha poesia de Ronaldo Fonseca, numa união imaculada e magnífica. Como se peixe : avião sempre tivesse existido algures no limbo da nossa inconsciência, na maresia das tardes de Verão, na aragem trazida pelas primeiras chuvas, e esperasse a junção dos vocábulos para tomar forma. Nesse sentido, nunca um nome espelhou tão perfeitamente o objecto que designa. Porque nunca a dissemelhança foi tão harmoniosamente enlaçada na criação do novo como acontece com peixe : avião.

Há muito – demasiado – tempo que não somos surpreendidos por uma obra musical. Nada de espantar, porquanto os milagres e o sublime só acontecem muito raramente… Mas quando temos o privilégio de viver um momento desses, como é o caso com a audição de “40.02” de peixe : avião, só podemos regozijar-nos e espalhar a boa nova pelos quatro cantos da terra. É o que eu faço e o convido a fazer: entre no mundo maravilhoso de peixe : avião, deixe-se mergulhar nas correntes aéreas deste oceano desconhecido, desfrute da viagem pelas profundezas da brisa outonal e vai ver que também vai sentir esta alegria, esta fé resplandecente na capacidade humana para produzir o belo que só as grandes obras conseguem gerar.

Adolfo Luxúria Canibal