terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Nancy Vieira





Nancy Vieira, a revelação de uma nova estrela da música de Cabo-Verdiana, em Concerto nos Paços da Cultura

Na comemoração do Ano Europeu do Diálogo Intercultural, os Paços da Cultura promovem um concerto de música com a cabo-verdiana Nancy Vieira, na próxima sexta-feira, dia 22, pelas 21h45.

"Lus" é o título do terceiro álbum e consequente espectáculo da cantora cabo-verdiana Nancy Vieira. Nele, Nancy Vieira aposta no cruzamento das sonoridades cabo-verdianas, como a morna, a coladeira, o funaná e o batuque, com sons de outras paragens, nomeadamente do Brasil (samba e bossa nova, já adoptados como géneros musicais em Cabo Verde) e da América Latina - Peru (landón) e Cuba (danzón e son). Trata-se, enfim, de um encontro entre as raízes cabo-verdianas e uma universalidade musical.
Sendo um disco com uma sonoridade totalmente acústica, o novo álbum/espectáculo de Nancy Vieira realça não só a sua inegável qualidade vocal, mas também a qualidade musical do reportório seleccionado. Os arranjos, na sua maioria do também produtor musical Jorge Cervantes, tendem para uma assumida simplicidade.
Ao lado de composições de alguns dos melhores autores cabo-verdianos da actualidade, tais como Teófilo Chantre, Jon Luz, Princezito e Vadú, encontramos um tema da cantora, que divulga pela primeira vez a sua faceta de autora/compositora em “Vivê Sabin”.
Lus é um testemunho de tradição e de modernidade, de coragem e de amor, de paz e de luta, de destino e de saudade, de nostalgia e de alegria, de esperança e de festa, de uma cabo-verdiana no século XXI.

Sem comentários: