sábado, 25 de março de 2017

SERÃO POÉTICO COM ALEXANDRE DE SOUSA E LUÍS GUERREIRO


SERÃO POÉTICO COM ALEXANDRE DE SOUSA E LUÍS GUERREIRO

Hoje, 25 de Março, 22h00, Paços da Cultura



Ainda temos bilhetes para venda!

XI Festival de Teatro de S. João da Madeira

XI Festival de Teatro de S. João da Madeira acontece de 21 de Abril a 5 de Maio na Casa da Criatividade e nos Paços da Cultura de S. João da Madeira. Este ano, também nas instalações da Fábrica CEI, na Zona Industrial das Travessas e na sala dos fornos da Oliva Creative Factory.

Atores profissionais sobem ao palco com artistas da cidade e de outras localidades, desde alunos e professores a membros de associações, instituições e fábricas, num processo contínuo de educação e incentivo à arte e à representação criativa.

Pelos palcos vão subir as companhias h'Ora Viva!, Ladrão de Sonhos, TEPAS, A Bem Dizer, Artes do Palco, Animoparque, Banco Local de Voluntarido, Cultura Viva, Os Boinas, AceiTe, Lua Nova, RecriArte, Serafins, ATEC, Gede, TOJ, NAQA, Anim'Arte e Troupe. 


Nesta edição, a abertura ficará a cargo da atriz Maria Rueff com “António e Maria”, do Teatro Meridional, na Casa da Criatividade, a 21 de Abril, partindo do universo literário de António Lobo Antunes.
O espetáculo “António e Maria” é uma procura, uma surpresa, um monólogo múltiplo de mulheres. Vozes mutantes num corpo iluminado. Um exercício, por assim dizer, de doméstico sublime. Aproveitando uma lição simples do escritor para a vida toda: Espreitar para dentro de uma bota porque às vezes há coisas.


 

Esta edição integra também as comemorações do 25 de Abril, em torno da poesia da resistência e das canções de Zeca Afonso, com José Fanha e Daniel Completo, com o espetáculo Ailé Ailé.

Para o encerramento, na noite de 5 de Maio, a atriz Maria do Céu Guerra sobe ao palco da Casa da Criatividade, com “Tartufo”, do teatro A Barraca, uma das comédias mais célebres de Molière. Os temas da obra são Universais e intemporais. A manipulação dos valores e sentimentos, a falência de uma ética e moral necessária para a solidez do tecido social, tornam este texto de uma atualidade radical. "Tartufo" é uma peça exemplarmente universal para os tempos atuais. 




AQUIRA JÁ O SEU BILHETE!
​​
Bilhetes à venda na BilheteiraOnline (http://cmsjm.bol.pt/), na Casa da Criatividade, Paços da Cultura, lojas FNAC, CTT, Centro Comercial 8.ª Avenida (Worten), El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, a linha 24h de reservas e informações 18 20 do MEO e os Quiosques Serveasy (novos locais).

quinta-feira, 23 de março de 2017

PEREGRINAÇÃO POÉTICA COM PAULO PIRES 24 de março | 22h00 | CASA DA CRIATIVIDADE | ENTRADA GRATUITA


O ator Paulo Pires juntamente com Paulo Condessa e José Fanha vão conduzir a grande noite da Peregrinação Poética. Em 6 estações poéticas serão apresentadas 6 performances que homenageiam 6 poetas.
As performances poéticas ficam a cargo da APROJ (Cláudia R. Sampaio), da ASSOCIAÇÃO CULTURAL LUÍS LIMA e FUGAS POÉTICAS (Olinda Beja), da CERCI S. JOÃO DA MADEIRA (António Aleixo), da CULTURA VIVA e UNIVERSIDADE SÉNIOR (António Torrado), do TOJ (Joaquim Pessoa) e dos ECOS URBANOS (Egito Gonçalves).
Assumindo-se como um dos mais belos momentos de construção comunitária, a Peregrinação Poética terá ainda como convidados os poetas homenageados Joaquim Pessoa, Cláudia R. Sampaio e Olinda Beja.
A animação é da responsabilidade do grupo Anima Dixie.
A Peregrinação Poética começa às 22h00 na CASA DA CRIATIVIDADE.

terça-feira, 21 de março de 2017

SERÃO POÉTICO COM ALEXANDRE DE SOUSA E LUIS GUERREIRO, 22h00, Paços da Cultura


Num serão informal e mágico, conduzido pelo poeta José Fanha e pelo performer Paulo Condessa, a música e a poesia ganham forma pelas mãos e voz de grandes figuras do panorama cultural nacional.
A noite mais aguardada da Poesia à Mesa reúne este ano, no mesmo palco, a inconfundível voz do ator Alexandre de Sousa e a excêntrica guitarra portuguesa do músico Luís Guerreiro acompanhado à viola por Luís Fontes.
Os bilhetes estão à venda nos Paços da Cultura, na Casa da Criatividade e ainda emhttps://www.bol.pt/Comprar/Bilhetes/47099-serao_poetico-casa_da_criatividade/.
Adquira já o seu bilhete e reserve um lugar para este serão!

terça-feira, 14 de março de 2017

POESIA À MESA 2017

Poesia À Mesa 2017


A campanha Poesia À Mesa, que tem como poetas homenageados este ano, António Aleixo, Egito Gonçalves, António Torrado, Joaquim Pessoa, a Cláudia R. Sampaio e a Olinda Beja, já anda pela cidade de S. João da Madeira.




Para além da programação habitual, que tem como finalidade levar os poetas e a poesia a toda a cidade, ruas, associações, escolas, praças, restaurantes, bares, este ano terá ainda o concerto, Poesia Homónima, com o pianista Júlio Resende e o prof. Júlio Machado Vaz, os lançamentos dos livros do Tiago V. Moita, "Metanoia" e da Rita Pinho Matos, "Amor Com Amor Se Mata", e "Experiências da Alma Por Trilhos de Sal e Pimenta" de Helena Osório. Haverá ainda o espaço de poesia e conversa com o José Fanha e o Joaquim Pessoa, o serão poético com os atores Alexandre de Sousa, Luís Guerreiro e Luís Fontes e a Peregrinação Poética com o ator Paulo Pires.

quinta-feira, 9 de março de 2017

SERÃO POÉTICO - 25 MARÇO - 22H


O ator Alexandre de Sousa e a excêntrica guitarra portuguesa do músico Luís Guerreiro, acompanhado à viola por Luís Pontes, nos Paços da Cultura, a 25 de Março, pelas 22h!

sexta-feira, 3 de março de 2017

PALCOS E CENAS - PONTES PARA O DESENVOLVIMENTO - ENTRADA GRATUITA


MUSICATOS - 4 MARÇO - 21H30



ENTRADA GRATUITA

POUCA TERRA - ESGOTADO


DIA DA MULHER - HISTÓRIAS DE VIDA - 8 Março

A Junta de Freguesia de S. João da Madeira, em parceria com a Tuna dos Voluntários,  promove um serão temático, no dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, com um espetáculo musical e Tertúlia Histórias de Vida.
Em palco estarão a Tuna dos Voluntário de S. João da Madeira e a Orquestra de Bandolins de Esmoriz. 




ENTRADA GRATUITA

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

CAMPANHA 2017 POESIA À MESA

CAMPANHA 2017 POESIA À MESA


OS BILHETES JÁ ESTÃO EM VENDA!






Os bilhetes estão à venda na BilheteiraOnline (http://cmsjm.bol.pt/), na Casa da Criatividade, Paços da Cultura, lojas FNAC, CTT, Centro Comercial 8.ª Avenida (Worten), El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, a linha 24h de reservas e informações 18 20 do MEO e os Quiosques Serveasy.

CAMPANHA 2017 POESIA À MESA

CAMPANHA 2017 POESIA À MESA

José Fanha e Paulo Condessa assumem, em 2017, o comissariado da Campanha Poesia à Mesa.



ESPETÁCULO DE ABERTURA "POESIA HOMÓNIMA POR JÚLIO RESENDE E JÚLIO MACHADO VAZ"
18 MARÇO :: 21H30 :: CASA DA CRIATIVIDADE
Júlio Machado Vaz disse a Júlio Resende que ele devia compor música para a poesia do seu amor literário, Eugénio de Andrade.
Júlio Resende disse a Júlio Machado Vaz que só juntava Música e Poesia se fosse o próprio psiquiatra a dizer essa poesia.
O sexólogo, não temendo tabus, aceitou.
E depois de ensaios e desconcertos fez-se um disco. E do disco fez-se um concerto. Chama-se "Poesia Homónima por Júlio Resende e Júlio Machado Vaz" e versa sobre poemas de Eugénio de Andrade e Gonçalo M. Tavares.
Um (des)Concerto que explora dois olhares distintos sobre a Poesia, o do pianista e o do psiquiatra, ambos inspirados pela linguagem universal da música.




LANÇAMENTO DO LIVRO "AMOR COM AMOR SE MATA" DE RITA PINHO MATOS
21 MARÇO :: 21H30 :: PAÇOS DA CULTURA - ENTRADA GRATUITA
Depois de “Ruivo-Tomate” e de uma incursão pela prosa com “Ponto Zero” (que assina como Rita Inzaghi), Rita Pinho Matos lança, em S. João da Madeira, “Amor com Amor se Mata”, editado pela Estratégias Criativas, e que conta com as ilustrações das jovens Cinara Saiónára e Cristina Nunes e da consagrada pintora Anabela Mendes da Silva.

Rita Pinho Matos nasceu em 1986. Em criança queria ser jornalista, atriz, árbitro de futebol e presidente do Futebol Clube do Porto, mas só perseguiu o primeiro dos sonhos. Começou a carreira na TVI, onde foi correspondente entre 2008 e 2012. Experimentou o Marketing e o ensino. No entanto é como “contadora de estórias” que gosta de se dar a conhecer.


PEREGRINAÇÃO POÉTICA COM PAULO PIRES
24 DE MARÇO :: 22H (SAÍDA DA BIBLIOTECA MUNICIPAL)
Assumindo-se como um dos maiores momentos de construção comunitária, a Peregrinação Poética terá como convidados especiais o ator Paulo Pires, os poetas homenageados Joaquim Pessoa, Cláudia R. Sampaio e Olinda Beja e os comissários Paulo Condessa e José Fanha.
A coordenação fica a cargo de Paulo Condessa.
A animação de rua é da responsabilidade do grupo Anima Dixie.


SERÃO POÉTICO COM ALEXANDRE DE SOUSA E LUÍS GUERREIRO
25 DE MARÇO :: 22H :: PAÇOS DA CULTURA
Num serão informal e mágico, conduzido pelo poeta José Fanha e pelo performer Paulo Condessa, a música e a poesia ganham forma pelas mãos e voz de grandes figuras do panorama cultural nacional.
A noite mais aguardada da Poesia à Mesa reúne este ano, no mesmo palco, a inconfundível voz do ator Alexandre de Sousa e a excêntrica guitarra portuguesa do músico Luís Guerreiro acompanhado à viola por Luís Fontes.



CAMPANHA 2017 POESIA À MESA

S. João da Madeira recebe, em 2017, a 15ª edição da Campanha Poesia à Mesa, evento que decorre nesta cidade desde 2003.




A Poesia à Mesa, projeto da Câmara Municipal de S. João da Madeira, tem vindo a assumir gradualmente um grande papel cultural, não só a nível local como nacional, sendo hoje uma das imagens fortes da cidade.
Mais do que apenas assinalar o Dia Mundial da Poesia (21 de Março), esta campanha tem vindo a contribuir para a promoção e divulgação de um vasto conjunto de poetas e suas obras, incentivando a população a adquirir hábitos da leitura através de um conjunto de ações muito diversificado e dirigido a diferentes segmentos de públicos.
A Campanha Poesia à Mesa tem, a cada ano que passa, uma maior adesão, envolvendo a comunidade não apenas na sua condição de espectadora mas também de produtora de conteúdos e mensagens, como é o caso evidente da Peregrinação Poética ou da Poesia na Corda.
Para além dos públicos locais e fruto de uma programação diversa e de qualidade que contempla espetáculos, exposições, oficinas criativas poéticas, declamações em bares, restaurantes e fábricas, animação de rua, apresentações de livros, conferências com poetas, entre outras, este evento tem aproximado, a S. João da Madeira, públicos provenientes de toda a região norte do país.
Como marca distintiva desta iniciativa, saliente-se a produção de um vasto conjunto de materiais (toalhetes de mesa e bases de copos e chávenas, pacotes de açúcar, t‑shirts, sacos de pão, aventais, lápis) onde são impressos os textos dos poetas trabalhados a cada campanha. Distribuídos massivamente, estes materiais levam aos restaurantes, cafés, bares, padarias e comércio em geral, a palavra do poeta e a sua própria imagem.
Todos os anos são então selecionados e homenageados seis novos poetas, cuja obra fica em destaque durante o evento em todas as iniciativas culturais organizadas.
A imagem desses poetas e de pequenos poemas da sua autoria são apresentados em todos os materiais produzidos, nomeadamente, nos toalhetes de mesa, bases de copos e chávenas, pacotes de açúcar, sacos de pão, aventais, separadores de livros, lápis, entre tantos outros. Durante toda a campanha, estes materiais estão disponíveis em todos os cafés, restaurantes, padarias e bares da cidade.

O programa, sempre vasto e diversificado, tem contado todos os anos com inovações culturais, demonstrando que a poesia pode ser encenada, cantada, recitada e, sobretudo, servida à mesa de restaurantes e bares. 

CARNAVAL


Informamos que no dia 28 de Fevereiro a Casa da Criatividade  e os Paços da Cultura estão encerrados ao público.
Os bilhetes para os eventos estão à venda na BilheteiraOnline (http://cmsjm.bol.pt/), lojas FNAC, CTT, Centro Comercial 8.ª Avenida (Worten), El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, a linha 24h de reservas e informações 18 20 do MEO e os Quiosques Serveasy.



sábado, 25 de fevereiro de 2017

WORKSHOP DE TEATRO - "A VERDADE DO LUGAR" - PAÇOS DA CULTURA - 11 MARÇO - 10H30 ÀS 18H30

Workshop “A verdade do Lugar”


Evento dirigido e encenadores e atores da XI Edição do Festival de Teatro de S. João da Madeira

“Todas as pessoas são grandes atores porque aceitam exatamente o lugar onde estão. Os atores, contudo, têm muitas vezes, pavor ao palco porque, em cena, sentem-se abandonados num lugar que lhes é estranho. De repente estão nas circunstâncias da peça e isto é o que lhes é tão estranho. São deixados sem a segurança absoluta que um lugar familiar lhes dá”.
Stella Adler

Descrição:

Este workshop tem por objetivo dotar os atores de ferramentas de análise e execução no processo da construção da personagem e desenvolvimento da cena. A partir de um trecho de “Círculo de Giz Caucasiano” de Bertolt Brecht, os formando irão construír toda uma “estrutura invisível”, mas crucial de ator, de contracena e de encenação.

Biografia Artística

Nuno J. Loureiro é Licenciado em Estudos Teatrais (variante de Interpretação) pela Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo.
Estreou-se em 1998 como Actor profissional na Companhia de Teatro do Noroeste - Centro Dramático de Viana.
Trabalhou como Actor em diversas companhias nacionais: Teatro Oficina, Teatro Atípico, Dois Pontos - Associação Cultural, Teatro Ágil, Teatro Arado, Yellow Star Company e Associação Usina.
Desenvolve trabalho como encenador com diversos grupos de teatro Amador e semi-profissional: Citânia - Associação Juvenil, Grupo de Teatro Marabunta, Associação Teatro Construção, Dupla-Face Companhia das Artes, Grupo de Teatro do Vez
Entre 2006 e 2010 foi professor colaborador na E.S.M.A.E. na cadeira de Produção, onde desenvolveu actividade como Assistente de Encenação. Foi ainda coordenador do Curso Livre de Teatro.
Durante todo seu percurso profissional, foi dirigindo diversos Workshops pelo país, dirigidos especialmente a elementos pertencentes aos grupos de Teatro Amador e/ou escolar.

Palcos e Cenas 2017 – Pontes para o Desenvolvimento, com Rui Pedroto

PALCOS E CENAS - PONTES PARA O DESENVOLVIMENTO
10 MARÇO :: 21H30 :: PAÇOS DA CULTURA
ENTRADA GRATUITA

O Agrupamento de Escolas Dr. Secundária Serafim Leite, no âmbito do projeto Espaço Aberto e em parceria com o Município de S. João da Madeira, promove um serão subordinado ao tema “Pontes para o Desenvolvimento”, em associação com a XI Edição do Festival de Teatro de S. João da Madeira.

Nos dias de hoje, a atuação estratégica de instituições e empresas considera fulcral a valorização das pessoas nas perspetivas individual e coletiva como fator de sucesso. É neste contexto que em Palcos e Cenas propõe-se uma conversa com Rui Pedroto, Vogal do Conselho de Administração e Presidente da Comissão Executiva da Fundação Manuel António da Mota, direcionando-a para a prioridade do empreendedorismo social sobre o empreendedorismo comercial como promotor da superação de défices de Desenvolvimento Humano e forma inclusiva de enfrentar desafios globais emergentes. 


LEVANTE O SEU BILHETE NOS PAÇOS DA CULTURA OU CASA DA CRIATIVIDADE

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

POUCA TERRA - TEATRO PARA BEBÉS :: 4 MARÇO :: 10H30 E 11H30 :: PAÇOS DA CULTURA

             
Embarque nesta divertida viagem do pouca terra!


Preço Bilhete: 5 Euros, com direito a um acompanhante gratuito!​​
Os bilhetes estão à venda na BilheteiraOnline (http://cmsjm.bol.pt/), na Casa da Criatividade, Paços da Cultura, lojas FNAC, CTT, Centro Comercial 8.ª Avenida (Worten), El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, a linha 24h de reservas e informações 18 20 do MEO e os Quiosques Serveasy.


terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Recital de Canto (Mariana Marques Pinto) e Piano (Lúcia Rodrigues)

Recital de Canto (Mariana Marques Pinto)  e Piano (Lúcia Rodrigues)
4 Março :: 21h30 :: Paços da Cultura
ENTRADA GRATUITA









Mariana Marques Pinto Silva começou os seus estudos musicais aos 10 anos na Academia de Música de S. João da Madeira.
No ano seguinte, entrou no Conservatório de Música do Porto na classe de Canto do professor Emanuel Henriques, com quem continua a trabalhar. Frequentou ainda o Estúdio de Ópera do Conservatório. Atualmente, frequenta a classe de canto da professora Isabel Alcobia na Universidade de Aveiro.
Lúcia Rodrigues realiza concertos a solo, integrada em agrupamentos de música de câmara e colabora regularmente em projetos e espetáculos diferenciados que privilegiam o encontro e interacção entre as mais diversas artes e áreas, tais como a Música, a Dança, o Teatro e vídeo. Licenciada profissionalizada, é professora pianista acompanhadora no Conservatório de Música do Porto desde 2006 e na ESMAE desde 2013. 





Programa

1ª parte:
Le Violette – A. Scarlatti
Als Luise – W. A. Mozart
Pagenlied – F. Mendelssohn
Widmung – R. Schumann
Ici-bas – G. Fauré
Les Chemins de l’amour – F. Poulenc
Barca Bela – R. S. da Costa
Quero cantar, ser alegre – F. Lacerda



2ª parte:
Tornami a vagheggiar (da ópera Alcina) – G. F. Händel
Si, si t’amo (da ópera Teseo) – G. F. Händel
A fatti tuoi (da ópera Lo Speziale) – J. Haydn
Appena mi vedon (da ópera La finta Giardiniera) – W. A. Mozart
Anch’io son giovine (da ópera La Cambiale de Matrimonio) – G. Rossini